Resenha: Carta ao Rei, Tonke Dragt

08:30:00 8 Comments A+ a-

Título: Carta ao Rei
Autora: Tonke Dragt
Editora: WMF Martins Fontes
Páginas: 464
ISBN: 9785878271350
Lançamento: 2009
Gênero: Infanto-Juvenil
Onde comprar:Amazon - Livraria Cultura
Links: Skoob
Avaliação: 
Sinopse: Tiuri, um jovem de 16 anos, está prestes a ser nomeado cavaleiro do rei Dagonaut. Na noite anterior à sua nomeação, alguém lhe pede para entregar ao Cavaleiro Negro do Escudo Branco uma carta de suma importância que deve chegar com urgência ao rei Unauwen. Tiuri encontra o Cavaleiro, que, no entanto, está agonizante, e o jovem assume a arriscada missão de entregar a misteriosa carta ao rei. Depois de viver inúmeras e perigosas aventuras, Tiuri descobrirá o conteúdo dessa carta. Mas, após tanto esforço, poderá ser finalmente nomeado cavaleiro?
Carta ao Rei é um dos meus livros favoritos. Cresci ouvindo minha mãe ler as aventuras do jovem Tiuri para mim antes de dormir e mais tarde eu mesma lendo sempre que podia.

O livro é antigo, de 1962. E no ano seguinte a autora Tonke Dragt ganhou o título de melhor livro infanto-juvenil com o prêmio “Gouden Griffel” na Holanda, seu país de origem. Já em 2004, comemorando os 50 anos do prêmio o livro foi escolhido como o melhor livro infanto-juvenil dos últimos 50 anos recebendo o “Griffel der Griffels”. Pode-se dizer que ele é um clássico.

Para minha surpresa a WMF Martins Fontes publica a tradução para o português em 2009, mantendo a mesma capa das publicações em holandês e também as mesmas ilustrações internas, feitas todas pela ilustradora Annemarie van Haeringen. A tradução para o português é muito feliz, mantendo a grafia dos nomes dos personagens e dos lugares e nada se perde do que considero uma escrita leve, própria para adolescentes e que ao mesmo tempo não subestima a inteligência de ninguém.


Uma edição holandesa mais antiga e a mais recente, uma edição espanhola e a edição brasileira.

A história se passa num lugar imaginário, o Reino de Unauwen e o Reino de Dagonaut, em um tempo equivalente à Idade Média com cavaleiros e lutas por reinos, e se inicia com o jovem de 16 anos de idade, Tiuri que está prestes a se tornar um dos novos cavaleiros do Rei Dagonaut. O que acontece é que no meio da noite, enquanto Tiuri vela pela sua espada como parte das comemorações da anunciação para cavaleiro em uma capela distante da cidade um Cavaleiro prestes a morrer vem lhe pedir ajuda.
Tiuri sentou-se direito e olhou para a janela. Não via nada - nenhuma sombra - de maneira que poderia pensar que imaginou o que tinha visto. Pudera ser assim. Ele não poderia fazer o que a voz o havia pedido, mesmo tendo soado tão urgente. Ele escondeu seu rosto nas mãos e tentava esquecer o que aconteceu. Mas novamente escutou a voz, muito clara, mesmo não sendo apenas mais que um sussurro: 'Em nome de Deus, abra!' [ Tradução livre do holandês]
Com um personagem principal muito corajoso e comprometido a finalizar a tarefa que o Cavaleiro desconhecido o deixou a autora é capaz de nos transportar para o tempo em que cavaleiros eram rivais, protegiam reinos de invasões de saqueadores e missões impossíveis deveriam ser completadas. A vontade é de não largar o livro, mesmo sendo fácil de ler e notando que a linguagem é focada para crianças e adolescentes.

Para mim, é um livro atemporal e indicado para todas as idades. As aventuras de Tiuri são emocionantes e de prender a atenção. Se você que gosta de fantasias épicas, aventuras cheias de emoções, fica a recomendação para ler Carta ao Rei.
'Você é jovem e ainda não provou nada a alguém', havia dito o desconhecido, 'e mesmo assim eu sei que posso confiar em você'. [Tradução livre do holandês]


27 anos, arquiteta, restauradora e nas horas vagas fotógrafa e masterchef. Bookaholic morando nas terras do Tolkien, Lewis, Rowling, Dahl, Carrol.

8 comentários

Write comentários
8 de março de 2016 09:00 delete

Oi, Aline!
Eu não conhecia essa história, mas fiquei bem interessada. Adoro história com cavaleiros e essa parece ser ótima.
Beijos
Balaio de Babados
Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
Porcelana - Financiamento Coletivo

Reply
avatar
8 de março de 2016 10:03 delete

Oi Luiza! A história é excelente, espero mesmo que curta!
Estou esperando a editora lançar a continuação da história, porque ela existe!
Beijos

Reply
avatar
Déborah Q
AUTHOR
8 de março de 2016 13:49 delete

Oii Aline, olha só que eu ainda não conhecia a história kkkk Ela me pareceu muito familiar como se eu já a tivesse ouvido alguns anos atrás. Acho que de fato ouvi no ens. fundamental. Vou lê-lo assim que possível - ou seria re-ler? Ainda não sei kkk
Amei seu layout fiquei vários minutos focada na maçãzinha já de cima kkk

❥Blog:Gordices Literárias

Reply
avatar
Larissa Dutra
AUTHOR
8 de março de 2016 16:07 delete

Olá, tudo bem? Primeiramente, quero dizer que seu blog é lindo, cheguei aqui e fiquei tipo "nossa!"... Então, eu nunca tinha ouvido falar nesse livro, talvez por ser um livro antigo, mas me interessei por ele. Adorei sua resenha!

Beijos,
Duas Livreiras

Reply
avatar
Sil
AUTHOR
8 de março de 2016 16:19 delete

Olá, Aline.
Eu não conhecia esse livro ainda as já quero. Eu amo histórias assim, mesmo que já tenha passado u pouco, bastante na verdade dessa idade. E a capa ficou linda. É um livro que vou anotar aqui.

Blog Prefácio

Reply
avatar
9 de março de 2016 08:56 delete

Eu também adorei o layout hehehe, e obrigada! Mudamos ele para que ficasse melhor mesmo.
Reler ler, tanto faz. O livro é ótimo. Se você gostar do livro como eu com certeza vai querer le-lo inúmeras vezes!
Beijos

Reply
avatar
9 de março de 2016 08:58 delete

Obrigada, obrigada! Que bom que gostou da resenha. Foi minha estreia como colaboradora do blog e significa muito que você tenha gostado!
Escolhi o livro "Carta ao Rei" pra ingressar no mundo das resenhas justamente porque ele é pouco conhecido!
Beijos

Reply
avatar
9 de março de 2016 09:00 delete

Oi Sil! Compra compra e já pede pra Martins Fontes lançar o segundo volume da história (porque eu sei que ele existe :D ). Se você gostou da capa vai adorar as ilustrações internas, que são da mesma ilustradora!
E livro não tem idade, se você gosta da história e ela é boa, vai com tudo!
Beijos

Reply
avatar