Resenha: Julieta, Anne Fortier

março 06, 2016 6 Comments A+ a-

Título: Julieta
Autores: Anne Fortier
Editora: Arqueiro
Páginas: 445
ISBN: 9788580412659
Lançamento: 2010
Gênero: Romance
Onde comprar: Saraiva - Submarino Amazon
Links: Skoob - Leia um trecho
Avaliação: 
Sinopse: Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.

Um clássico de Shakespeare recontado por Anne Fortier, que une a história antiga com a atualidade de uma maneira incrível. É uma surpresa a cada momento da leitura, fazendo você acreditar e depois desacreditar nos fatos que acontecessem.  

‘Julieta’ é o livro de estreia da autora, que começou a escrever com 11 anos de idade. Teve sua história rejeitada por muitos editores por considerarem que uma literatura de qualidade não se faz somente com finais felizes. Mas sem desistir Anne viajou e vivenciou diferentes aventuras para criar histórias com conteúdo. Influenciada pela paixão da mãe pela história e cultura da cidade Siena acabou descobrindo a verdadeiro lugar onde ocorreu a tragédia de Romeu e Julieta, e assim o livro se formou.

O livro conta a história de Julie Jacobs, que após a morte de sua tia Rose, recebe uma carta que a leva em uma aventura cheia de descobertas sobre sua família e vida passada. É assim que ela acaba desembarcando na Itália, mas precisamente na cidade de Siena, onde descobre a verdade sobre a tragédia de Romeu Marescotti e Giulietta Tolomei.
“Alguns terão perdão, outros castigo;
De tudo isso há muito o que falar.
Mais triste história nunca aconteceu
Que esta, de Julieta e seu Romeu.”
(Shakespeare)

A história é dividida em duas narrativas, sendo a primeira de Julie nos dias atuais e a segunda em 1340, onde acompanhamos a leitura das cartas da mãe da protagonista sobre Romeu e Giulietta. Somos levados a Siena antiga, no momento em que dois jovens perdidamente apaixonados são vítimas de um amor proibido acompanhado de tragédias causadas pelo ódio das famílias Tolomei e Salimbeli.

No decorrer do livro conhecemos personagens secundários, porém muito importantes nas descobertas de Julie. A história é rodeada de eventos, onde sua confiança por essas pessoas é colocada em dúvida várias vezes. Mas nos surpreendemos com o rumo que é tomado, e quando a verdade aparece, somos realmente pegos de surpresa. Um romance de amor proibido que não deu certo no passado, mas que nos mostra que podemos alterar o destino de acordo com nossas escolhas e atitudes.

Annie Fortier foi muito feliz na escolha de sua história, e me deixou muito encantada com a forma que o livro foi elaborado. Além de conectar perfeitamente a narrativa do passado com o presente, cada capítulo se inicia com um trecho da história original de Shakespeare.
“Já amei antes? Não, tenho certeza; Pois nunca havia eu visto tal beleza.”
(Cap. III.II, pág. 109)
Foi uma leitura muito agradável e ao mesmo tempo eletrizante, pois queremos descobrir tudo sobre a maldição que ronda sobre Julie e Giulietta, e como tudo será solucionado. No início o livro é um pouco lento, mas nada que não seja compensado pela emoção do meio para o final.

A escrita da autora é leve e bem-feita, o livro tem muita qualidade e potencial pelos fatos históricos e descrições precisas da cidade. É uma viagem no tempo e em uma história antiga que toca os corações de todos com amor e tragédia.

Para quem gosta da história original de Shakespeare e conhece as releituras de Romeu e Julieta que temos até hoje, o livro é mais do que recomendado. É aquela clássica história de romântica e trágica, que nunca sai de moda e sempre é usada para nos mostrar as diversas facetas do amor.  
“E essa dor que hoje sentimos, servirá pra conversa, no futuro.”
(Cap. X, pág. 434)

26 anos, arquiteta, ama fotografar e sou bookaholic assumida. Um dos meus hobbies preferidos, além de tudo o que eu já faço, é sentar em um lugar tranquilo e ler um livro.

6 comentários

Write comentários
6 de março de 2016 13:10 delete

Fiquei interessada nesse livro!
Dessa autora tenho "Irmandade Perdida" que ainda não li.
bjs

Reply
avatar
6 de março de 2016 16:09 delete

Eu lembro quando saiu esse livro, fiquei bem interessada nele. Sua resenha me relembrou que tenho de ler.
Beijos
Balaio de Babados
Participe do sorteio do livro Marianas | Porcelana - Financiamento Coletivo

Reply
avatar
6 de março de 2016 21:33 delete

Interessante a proposta de reviver o clássico "Romeu e Julieta".
Como amante de romance, colocarei esse na minha wishlist.
Adorei a resenha ;)

https://maratonistasdesofa.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Raissa Novaes
AUTHOR
7 de março de 2016 21:58 delete

Olá!
É muito bom esse livro, adoro releitura dos clássicos =)
Vi esse novo livro dela, vou colocar na minha lista.

Reply
avatar
Raissa Novaes
AUTHOR
7 de março de 2016 21:59 delete

Olá!
Leia sim, é uma super viagem no tempo e na história clássica! =)

Reply
avatar
Raissa Novaes
AUTHOR
7 de março de 2016 21:59 delete

Olá!
Coloca sim, você vai se apaixonar =)

Reply
avatar