Resenha: A Seleção, Kiera Cass

março 24, 2016 0 Comments A+ a-

Título: A Seleção
Autores: Kiera Cass
Editora:  Seguinte
Páginas: 368
ISBN:  9788565765251
Lançamento: 2012
Gênero: Romance - Literatura Estrangeira
Onde comprar: Amazon - Saraiva - Submarino
Links: Skoob
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria apenas ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto. Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma.
Illéa é um País divido em castas, governado pelo Rei Clarkson e pela Rainha Amberly, pais do Príncipe Maxon Schreave. O que você sabe fazer define sua casta, sendo que as castas mais inferiores são as mais prejudicadas e menos auxiliadas. Frequentemente essas castas, os chamados Sete e Oito, são acusados de se rebelarem contra o Rei e fazerem ataques ao Palácio. O Rei Clarkson, decide que está na hora de Maxon achar uma esposa, então promove A Seleção. Uma Competição que elege 35 moças de todo o reino, independente de suas castas, para competir por uma chance de se tornar Princesa e futura Rainha de Illéa.
"Pela minha experiencia, posso dizer que o amor verdadeiro é sempre o mais inconveniente" - Maxon Schreave
America Singer, uma Cinco, musicista e portadora de gênio difícil, adora o que faz para viver, mesmo sua família passando por dificuldades financeiras. America esconde um grande segredo de sua família, seu namorado Aspen, um Seis. Esse relacionamento não pode ser descoberto, pois sua família nunca aprovaria, devido a Aspen pertencer a uma casta inferior. Após o Rei anunciar o inicio da Seleção, a mãe de America quer inscreve-la a todo custo, porém America é resistente, mas sua guarda abaixa quando Aspen pede que ela se inscreve. Para agradá-lo ela faz sua inscrição, tendo a certeza de que não seria escolhida, mas para sua surpresa, ela é uma das 35 garotas escolhidas. Isso faz com que Aspen se afaste dela para que ela possa viver a vida que ele nunca poderia dar a ela. Decidida a participar da Seleção para ajudar sua família e esquecer Aspen, America mergulha de cabeça, mas sem intenção nenhuma de se relacionar amorosamente com o Príncipe. 

America e Maxon fazem um acordo, ela seria sua amiga, daria dicas de quais garotas seriam as melhores opções para ele. Porém durante sua estadia, America nota que muitas coisas são simplesmente fachada para o enganar o povo, ela ganha o carinho da Rainha e também o desprezo e ira do Rei. E descobre que Maxon pode ser bem mais do que apenas um amigo. Mas qual decisão tomar? Aceitar Maxon e encarar uma vida que nunca pensou ter e não sabe lidar, ou simplesmente voltar para sua família e fazer tudo que sempre soube fazer?!

"- Você chamou todas de "Minha Querida"? - perguntei voltando o rosto para o resto do salão.
- Sim, e todas parecem ter gostado.

- É exatamente por isso que eu não gostei." - America e Maxon