Resenha: Se Eu ficar, Gayle Forman

18:00:00 6 Comments A+ a-

Título: Se Eu Ficar
Autores: Gayle Forman
Editora:  Novo Conceito
Páginas: 224
ISBN: 9788581635415
Lançamento: 2013
Gênero: Romance – Literatura Estrangeira
Onde comprar: AmazonSaraiva - Submarino
Links: Skoob
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. 
Um livro que vai te emocionar, do começo ao fim... Mia uma jovem musicista extremamente talentosa, está em seu último ano no colégio. A maior preocupação de Mia no momento é qual Universidade escolher. Namora Adam desde o colégio. Adam se formou antes de Mia, e agora é o vocalista da banda Shooting Star, que está ganhando fama pela cidade.
Mia vive com seu pai, sua mãe e seu irmãozinho. Mia se sente completamente deslocada dentro de sua família, pois ela vive para música clássica, já seus pais sempre foram extremamente rockeiros, um pouco inconsequentes.
Em um dia cheio de neve, suas aula foram suspensas, bem como o emprego do seu pai. Então decidem dar um passeio em família. Mia vê sua vida mudar de direção em alguns instantes. Num momento ela estava no carro com seus pais e irmão, no outro ela vê o corpo dos seus pais, do seu irmão e o próprio corpo arremessados para fora do carro, na estrada cheia de neve.
“Não é incrível como a vida é uma coisa ... e, de repente, num instante, torna-se outra?”

Sem conseguir se comunicar com ninguém, Mia apenas segue seu corpo para o hospital. Durante o tempo que Mia permanece no hospital ela vê seus familiares e amigos chegarem, pois foram comunicados do acidente. O corpo de Mia permanece na UTI passando por vários procedimentos cirúrgicos, mas sua alma vaga por todo hospital, próximo ao seus familiares e a procura de seu irmão. Mia descobre que seus pais não resistiram ao acidente, mas sabe que seu irmão havia chegado ao hospital.
Mia não sabe controlar o que está acontecendo, e também não entende a insistência de uma das enfermeiras insistir que é ela “que decide o que irá acontecer”.
Adam também chega ao hospital, após um show da Banda. E tenta a todo momento chegar perto dela, mesmo estando inconsciente. Após muito tempo vagando pelo hospital, Mia descobre que seu irmão também não resistiu, e não vê mais motivos para querer viver. O que acontecerá se ela ficar?  
“Tudo que ela lembra é da música.”
A história é narrada pela Mia, ela nos leva pelos corredores do hospital, para as conversas dos seus familiares na sala de espera, para as salas de cirurgias, e nos leva também, para o passado, nos mostrando momentos felizes, momentos decisivos e emocionantes da sua vida.
Momentos que passou com seus pais, como foi seu relacionamento com Adam, e o que irá acontecer com eles quando Mia decidir seguir seu futuro como Violoncelista. Muitas lágrimas irão rolar, e muitas deles serão suas.
“Eu percebo agora que morrer é fácil. Viver é difícil”

6 comentários

Write comentários
15 de abril de 2016 14:21 delete

Estou com esse livro na estante a mais de um ano e ainda não li. Preciso colocá-lo na prioridade! bjs

amo-os-livros.blogspot.com.br

Reply
avatar
Mayara Preis
AUTHOR
15 de abril de 2016 15:26 delete

Não gostei do filme, mas quero muito ler esse livro *--*

http://novembro29.blogspot.com.br/

Reply
avatar
15 de abril de 2016 17:31 delete

Olá!
Eu tenho esse livro, mas ainda não li... Tbm n vi o filme, rs.
Parece ser bem emocionante mesmo, espero gostar tbm!
Bjs
http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

Reply
avatar
16 de abril de 2016 18:15 delete

Coloca sim, não vai se arrepender. 😉

Beijos

Reply
avatar
16 de abril de 2016 18:16 delete

O filme faltou algumas coisas (como sempre, rsrs) mas a história me emocionou muito. Vale a pena.

Beijos

Reply
avatar
16 de abril de 2016 18:17 delete

Oi Carol,

Lê primeirooooo ... kkkkk
É bom, e ja coloca o 2 na lista, pq precisa 😉

Beijos

Reply
avatar