Resenha: A verdade sobre nós, Amanda Grace

abril 28, 2016 4 Comments A+ a-


Título: A verdade sobre nós
Autores: Amanda Grace
Editora: Intrínseca
Páginas: 208
ISBN: 9788580575378
Lançamento: 2014
Gênero: Literatura estrangeira, Romance
Skoob: Adicione
Conheça: Leia um trecho
Onde comprar: Saraiva - Submarino - Amazon
Avaliação: ★★★★

Sinopse: Madelyn Hawkins está cansada. Cansada de ser sempre perfeita. Cansada de tirar A em tudo. Cansada de seguir à risca os planos que os pais fizeram para ela. Madelyn Hawkins está cansada de ser algo que não é, algo que não quer ser. E então ela conhece Bennet Cartwright. Inteligente, sensível, engraçado. A seu lado, ela se sente livre e independente. Uma história que poderia muito bem ter um final feliz, não fosse por um detalhe: Maddie tem apenas 16 anos, e Bennet, além de ter 25 anos, é seu professor. Pressionada pelos pais a participar de um programa para jovens talentos, Maddie pula dois anos do Ensino Médio e vai direto para a faculdade, onde conhece e se apaixona pelo professor de biologia. O sentimento é recíproco, e para dar uma chance àquele novo relacionamento que lhe faz tão bem, ela decide não contar para Bennet sua idade. Não demora muito para que as coisas comecem a dar errado, e as consequências da farsa de Maddie ganham contornos devastadores quando a verdade vem à tona.
A verdade sobre nós foi escrito por Amanda Grace, autora de romances e young adult, conhecida nos EUA por escrever histórias de amor polêmicas, contraditórias e às vezes ‘incorretas’, dependendo do ponto de vista. Foi publicado no Brasil em 2014 pela editora Intrínseca

Madelyn Hawkings é a protagonista dessa história, uma adolescente de 16 anos, considerada perfeita por seus pais e o orgulho da família. Sempre tirou notas altas na escola, nunca se meteu em encrencas ou problemas e sempre fez tudo na maneira planejada por seus pais. Porém, ela não era feliz assim e se sente aprisionada e incapacitada de fazer suas próprias escolhas. 

Encorajada pelos pais, Madelyn se inscreve no programa Running Star que oferece aos alunos com notas exemplares créditos para avançar o ensino médio e ingressar na faculdade. E não poderia ser diferente, Madelyn é aceita! 

Já na faculdade, ela começa a se ajustar na sua nova vida e sente-se feliz por poder estar no comando, mesmo que parcialmente. O que ela não imaginava é que no primeiro momento iria se sentir atraída pelo ser professor de biologia. Bennett Cartwright era tudo o que ela sonhara: inteligente e atencioso, e acima de tudo representava a liberdade que ela tanto almejava. E o fato dele não a tratar como uma criança, como toda sua família, faz a atração ser instantânea. 

Bennett também se atraí por Madelyn, mas demora a admitir esse sentimento. Mas o destino sempre acaba os unindo dentro e fora da faculdade. O que ele não imagina é que ela tem 16 e não 18 anos, e mesmo ela sabendo que precisa contar a verdade, acaba omitindo esse fato. 

"Na verdade, só dois importavam. A diferença entre dezesseis e dezoito. A diferença entre o amor que pode durar uma vida e o amor que nunca pode acontecer. "


O relacionamento é extremamente complicado, aluno e professor, a diferença de idade, seria um escândalo. Então Bennett decide que eles ficarão juntos quando acabar o semestre, e ele não será mais o professor dela. Mas as coisas só tendem a ficar mais complicadas, pois Madelyn continua na indecisão de contar sobre sua verdadeira idade. 

O que será desse amor? Não posso contar muito sem dar spoilers, mas no inicio do livro já temos indícios de como essa história acaba. O livro é todo desenvolvido por cartas escritas por Madelyn e destinadas a Bennett. Foi muito interessante esse tipo de escolha para a história, pois foi muito fácil sentir e se colocar no lugar da personagem. 

"Eu só via você e quanto o queria. Sabia, naquele momento, que precisava fazê-lo ser meu, a qualquer preço, apostando para ver o que o futuro nos reservaria. Só queria ter sabido, naquele dia no rio, que não eram minha vida, minha dor, que estavam em jogo. Eram as suas." 


O que não me agradou muito foi que Madelyn em alguns momentos foi egoísta em não revelar a sua idade e esquecer das consequências para as outras pessoas. Pela descrição dela é muito fácil se apaixonar por Bennett, eu gostei bastante dele desde o início. 

Recomendo o livro A verdade sobre nós, pois apesar de ser um clichê de história de amor, é uma leitura diferente que foge um pouco dos padrões e envolve temas interessantes. Nos leva a pensar sobre a relação de pais e filhos, a cobrança para a perfeição, o amadurecimento, questionamentos sobre quem somos e julgamentos de nossa sociedade. 

"É difícil decidir o que ser quando você só se destaca naquilo que não quer ser. Essa era minha vida. Em preto e branco. E eu desejava cor."


A leitura é leve, rápida e descontraída. Não espere um final feliz, mas sim algo completamente real e plausível. 

Primeiro parágrafo do livro: 

"Querido Bennet, 
É possível que você não leia isso, mas talvez eles leiam, o que pode ajudá-lo. Esta carta não pode fazer nada por nós, porque não existe nós... não mais." 


Quer saber mais sobre a autora? Clique aqui

Já leram? O que acham desse tipo de romance? 



26 anos, arquiteta, ama fotografar e sou bookaholic assumida. Um dos meus hobbies preferidos, além de tudo o que eu já faço, é sentar em um lugar tranquilo e ler um livro.

4 comentários

Write comentários
29 de abril de 2016 09:14 delete

Oiiie! Eu já tinha ouvido falar desse livro mas nunca procurei saber realmente. Como uma apaixonada por clichês, gosto de livros com finais felizes e estava receosa de que isso poderia não acontecer. Mas amei sua resenha e vou dar uma chance pra ele!
Beijos!
http://oreinoencantadodeumaleitora.blogspot.com.br/

Reply
avatar
29 de abril de 2016 09:45 delete

Olá Raissa,

Já li esse livro e amei!
Demorei umn pouco para aceitar o final (foi um choque muito grande), mas recomendo para todos mundo!

Beijinhos ;*
Jessica Correa
www.blogmodernagem.com.br

Reply
avatar
Raissa Novaes
AUTHOR
30 de abril de 2016 11:19 delete

Olá Miriã,
Também sou apaixonada por clichês, e adorei esse livro. Por mais que o final não seja realmente o que esperamos, é muito bom! De uma chance para ele sim 😉
Obrigada, e obrigada pela visita! 😘

Reply
avatar
Raissa Novaes
AUTHOR
30 de abril de 2016 11:20 delete

Olá Jessica,
Amei também, o final nos surpreende com o choque de realidade né? Recomendo também!
Obrigada pela visita 😘

Reply
avatar