Resenha: O Médico e o Monstro, Robert Louis Stevenson

junho 29, 2016 0 Comments A+ a-


Título: O Médico e o Monstro
Autores: Robert Louis Stevenson
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 80
ISBN: 9788520934852
Lançamento: 2015
Gênero: Terror - Literatura Estrangeira - Suspense - Mistério
Onde comprar: Amazon - Saraiva
Links: Skoob
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: Dr. Jekyll é um renomado médico em Londres. Homem de posses, consegue conciliar seu trabalho diário com seus experimentos científicos, através dos quais busca realizar um desejo secreto. Sua determinação se baseia em uma única convicção: O homem não é verdadeiramente um ser, mas dois. Enfim, dr. Jekyll cria uma poção que o permite liberar seu lado mais vil. Na personalidade de Mr. Hyde, as atitudes mais violentas são tomadas, deixando para o médico a integridade dos bons atos. Mas um desfecho surpreendente põe em xeque a aparente liberdade e o controle do médico."Eu admiro tudo em Stevenson. Admiro o homem, o trabalho, a coragem. Acho que ele nunca escreveu sequer uma linha desinteressante ou sem valor. Todas as frases de Stevenson são boas." - Jorge Luis Borges


Um livro curto, você não vai gastar muito tempo lendo ele, porém é uma história muito bem contada e muito bem desenvolvida em sua apenas 80 páginas. Este livro possui várias edições, a da imagem pertence a coleção "Os Mestres do Terror", que é composta por 3 livros: - O Médico e o Monstro, Drácula e Frankenstein. 

Temos basicamente 3 personagens principais, Dr. Jekyll, um médico muito renomado, tem seu trabalho diário e seu laboratório em casa, onde faz seus experimentos pessoais. Mr. Hyde, um homem grosseiro tanto na aparência quanto nos seus atos, agressivo e muitos podem defini-lo como abominável. Mr. Utterson, advogado e amigo do Dr. Jekyll. A personalidade agressiva de Mr Hyde é comprovada logo nas primeiras páginas, um homem capaz de fazer mal a uma garotinha e tirar a vida de um homem sem nenhum motivo aparente. Mr. Utterson fica sabendo dos casos que envolveram Mr. Hyde, porém o que o assusta é que seu velho amigo e cliente, Dr. Jekyll, está envolvido e protegendo esse tal Mr. Hyde.
"Utterson, juro por Deus - exclamou o médico -, juro por Deus que nunca mais porei os olhos sobre ele. Juro a você pela minha honra que meus assuntos com ele neste mundo se acabaram. Chegaram ao fim. E, de fato, ele não quer minha ajuda; você não o conhece como eu. Ele está a salvo, na verdade. Escreva o que lhe digo, nunca mais ouvirão falar nele." - Dr Jekyll
Dr. Jekyll, andam cada vez mais preso em seu laboratório particular tentando provar sua teoria: "O Homem não é verdadeiramente um ser, mas dois". Ninguém sabe ao certo que tipo relação que o médico tem com esse cavalheiro estranho. Os empregados sabem apenas que o Mr. Hyde tem acesso livre ao laboratório e determinados espaços da casa. Mr. Utterson fica mais assustado ainda quando lê o testamente do Dr., que deixa todos os seus bens para Mr. Hyde. Intrigado com isso, Mr. Utterson decide verificar mais a fundo quem de fato é esse tal de Mr. Hyde e o que ele anda fazendo com seu velho amigo.
"Ao ler a carta, tive a certeza de que meu colega perdera a sanidade mental; mas, antes que isso fosse comprovado de modo a não deixar dúvidas, eu me sentia comprometido a agir conforme ele solicitara." - Mr. Utterson
 Uma história que explica bem a disputa entre o bem e o mal e que ambos existem dentro de cada um de nós, basta você decidir qual irá prevalecer. Um livro que vai ter deixar com uma profunda reflexão.
"Senhor - disse o mordomo, assumindo uma especie de palidez matizada -, aquela coisa não era meu patrão, essa é a verdade".