Resenha: Procura-se um marido, Carina Rissi

junho 05, 2016 0 Comments A+ a-


Título: Procura-se um marido
Autores: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 476
ISBN: 8576861984
Lançamento: 2012
Gênero: Chick-Lit, Literatura nacional
Skoob: Adicione
Onde comprar: Saraiva - Submarino - Amazon
Avaliação: ★★★★
Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.

Publicado em 2012 pela editora Verus e escrito por Carina Rissi, Procura-se um marido é uma história cheia de romance e humor e com uma leitura leve que não nos deixa largar o livro nem por um minuto.

O livro é do gênero Chick-Lit, ou seja, “um gênero de ficção dentro da ficção feminina, que aborda as questões das mulheres modernas. São romances leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna, independente, culta e audaciosa. Ele geralmente lida com as questões das mulheres modernas, humor de ânimo leve. Apesar de algumas vezes incluir elementos românticos, a literatura feminina geralmente não é considerada uma subcategoria direta do gênero romance, porque, no Chick-Lit a relação da heroína com sua família ou amigos pode ser tão importante quanto seus relacionamentos românticos.”
“Nem pense em se casar com o príncipe encantado”, ela me disse certa vez. “Case-se com o lobo mau. Ele sim saberá tratar você bem.”
Nesse livro somos apresentados a Alicia, uma jovem/adulta rica e extremamente mimada que vive no mundo de festas e viagens, que não se importa em trabalhar e não dá o menor valor ao seu dinheiro. Após perder os pais quando criança, Alicia passa a morar com seu avô, que faz de tudo por ela e tenta lhe ensinar os valores da vida, o certo e o errado, amor, ética e trabalho. A relação dos dois é muito próxima, e Alicia ama seu avô incondicionalmente, mesmo eles se desentendo por sua escolha no estilo de vida.

O mundo de Alicia vira de cabeça para baixo quando seu avô morre, ela fica sem chão por ter perdido única pessoa que restava na sua família, e o único que ainda se importava e cuidava dela. O que ela não esperava era ser excluída do testamento de seu avô, que a considerava imatura para comandar todo o patrimônio. Ela só conseguiria reaver sua herança após 1 ano de casada. Alicia acha tudo um tremendo absurdo, e não entende como seu próprio avô faria uma coisa daquelas com ela. Com horror ao casamento, ela prefere trabalhar na empresa do avô e se sustentar a se casar.

Mas é claro que nem tudo são flores, e Alicia recebe um cargo inferior ao que ela esperava e tem que aprender a conviver com pessoas que a julgam sem antes a conhecer, e a se virar com pouco dinheiro. Indignada com a sua situação de vida, Alicia encontra uma solução para o seu problema e resolve anunciar num jornal que procura um marido para um casamento provisório. E é nesse momento que ela encontra Max.

Max é um dos funcionários da empresa do seu avô, que almeja conseguir um cargo de grande importância na companhia e precisa mostrar que tem uma vida feliz e estável de casado. Então porque não unir o útil ao agradável? Com a proposta fechada entre ambos, a vida dos dois se transforma. Max é todo certinho em tudo o que faz e Alicia aparece para desorganizar e bagunçar tudo, inclusive seu coração.
“Obrigada. Tenho medo de perder, por exemplo. Estou cansada de perder as pessoas que amo – respondi sinceramente, sem saber por que fiz aquilo. Algo no rosto dele me instigava abrir a boca e despejar a primeira coisa que surgisse em minha cabeça.”
Esse foi meu primeiro contato com a autora Carina Rissi, e eu realmente gostei. Não leio muitos livros nacionais, mas agora percebi tudo o que eu estava perdendo.

A autora conseguiu me conectar com a história e com os personagens. Num primeiro momento podemos achar a protagonista Alicia detestável, mas ao longo da trama percebemos o quanto ela amadurece, tem boas ideias e o coração bondoso. Ela realmente só precisava de um choque de realidade para aprender o que realmente importa nessa vida. Sua relação com a o avô é tocante, e ele sempre está presente em seu coração quando ela mais precisa. E o Max? Gostei bastante dele, e com o passar da história conhecemos sua família e os problemas que o cercam.

Por mais que a história pareça clichê com o romance de Alicia e Max, não se deixe enganar pois tem muito mais história e mistério por aí. Recomendado!
“A cálida ternura que eu sentia por ele ganhou proporções gigantescas naquele momento, até que se tornou insuportável e achei que eu fosse explodir em um milhão de cores.”
Sobre a autora:

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião. Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. É autora de Perdida, Encontrada, Procura-se um marido e No mundo da Luna, lançados com grande sucesso pela Verus e que a tornaram conhecida em todo o país.

Spin-off:

E a autora acaba de lançar um spin-off de Procura-se um marido. O livro Mentira Perfeita conta a história de Julia e o irmão de Max, o Marcus que conhecemos no primeiro livro. Confira a sinopse abaixo.

Sinopse: Com Mentira Perfeita, Carina Rissi prova mais uma vez que o seu forte é contar boas histórias, com ritmo acelerado e repletas de paixão, humor e reviravoltas. Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre... E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente... Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

O que acharam desse livro? Já leram?
Deixei suas impressões aqui para a gente J



26 anos, arquiteta, ama fotografar e sou bookaholic assumida. Um dos meus hobbies preferidos, além de tudo o que eu já faço, é sentar em um lugar tranquilo e ler um livro.