Cinema: Sete Minutos Depois da Meia-Noite [A Monster Calls]

janeiro 18, 2017 4 Comments A+ a-


📽 Título [Título Original]: Sete Minutos Depois da Meia-Noite [A Monster Calls]
Direção: J.A. Bayona
Roteiro: Patrick Ness, Siobhan Dowd
Adaptação do livro: A Monster Calls, Patrick Ness
Elenco Principal: Sigourney Weaver, Felicity JonesLewis MacDougall
Ano: 2016 País: Reino Unido | EUA | Espanha | Canadá
Links: IMDB - Rotten Tomatoes - Adoro Cinema
Avaliações: ★ Books & Impressions: 9
Avaliações: IMDB: 7,8
Avaliações: 🍅Rotten Tomatoes: 89%

Sinopse + Trailer: Conor é um garoto de 13 anos de idade, com muitos problemas na vida. Seu pai é muito ausente, a mãe sofre um um câncer em fase terminal, a avó é uma megera, e ele é maltratado na escola pelos colegas. No entanto, todas as noites Conor tem o mesmo sonho, com uma gigantesca árvore que decide contar histórias para ele, em troca de escutar as histórias do garoto. Embora as conversas com a árvore tenham consequências negativas na vida real, elas ajudam Conor a escapar das dificuldades através do mundo da fantasia.


A primeira vez que soube da existência desse filme, não foi com o trailer e sim com uma conversa do diretor J.A. Bayona e do responsável pelo roteiro Patrick Ness sobre a adaptação do livro. O que mais me chamou a atenção nesse momento foi a parte gráfica.

Sete Minutos Depois da Meia-noite é uma adaptação do livro de mesmo nome escrito por Patrick Ness (autor da trilogia Mundo em Caos) e baseado numa ideia de Siobhan Dowd. Ambos eram da mesma editora, que já havia discutido as ideias com Siobhan, no entanto ela faleceu antes mesmo de colocar as primeiras ideias no papel.

"Ela tinha os personagens, a premissa, e o começo.
O que ela infelizmente não tinha, era tempo".
(Patrick Ness na Nota do Autor de Sete Minutos Depois da Meia-Noite)

Essa tarefa ficou para Patrick Ness. As belíssimas ilustrações são de Jim Kay (o mesmo ilustrador dos livros do Harry Potter que estão sendo lançados, e dos quais já existem os dois primeiros em inglês). O livro foi premiado no Reino Unido tanto pela história como pelas ilustrações, e no Brasil foi publicado pela Editorial Presença.

Ilustração de Jim Kay para o livro "Sete Minutos Depois da Meia-Noite".
"A boy too old to be a kid, too young to be a man".

Como eu não li o livro, não consigo analisar quão fiel foi a adaptação. Mas aqui vamos a história. A Monster Calls conta a história de Conor (interpretado por Lewis MacDougall), um adolescente que deve lidar com diferentes problemas, dos quais quatro são os principais.

O primeiro é a doença de sua mãe, Lizzy (Felicity Jones). Sua mãe está sempre muito cansada, está cada vez menos presente nas tarefas do dia-a-dia.

Conor e sua mãe Lizzy, em cena de "Sete Minutos Depois da Meia Noite".
Segundo é a relação com sua avó (Segourney Weaver), que com a doença de Lizzy está cada vez mais presente na casa e quem acaba cuidando de Conor quando sua mãe acaba no hospital.A relação com sua avó não é nada amigável, pois para Conor ela não passa de uma senhora velha, sozinha e que mora numa casa estranha cheia de coisas que ele não pode mexer.

Terceiro, seu pai (Toby Kebell). Um pai distante, que mora em outro país, raramente visita e quando o faz sempre vai embora de maneira inesperada. Repetindo sempre o mesmo padrão.

E quarto, a escola, onde sofre constante bullying dos seus colegas.

Conor sofre ao tentar lidar com está acontecendo e tem constantes pesadelos sobre uma antiga árvore (yew tree) que pode ser vista da janela do seu quarto se transforma em um monstro, o qual caminha até a sua janela. Esse monstro vem ao seu chamado de ajuda, apesar de Conor não entender bem o que está acontecendo, e propõe contar três histórias - fábulas - ao menino se ele em troca contar seu maior medo.

O Monstro, em cena de "Sete Minutos Depois da Meia Noite".
O monstro foi feito em live-action e conta com a dublagem de Liam Neeson, e gente. Que coisa maravilhosa que fizeram. Lembra muito as ilustrações do livro feitos por Jim Kay. Também lembra o Groot, de Os Guardiões da Galáxia, mas confesso que não fiz essa associação enquanto estava no cinema. Estava apenas maravilhada com a qualidade dos efeitos especiais em transformarem uma árvore em um monstro gigantesco.

Outro ponto que me chamou muito atenção foram os desenhos e aquarelas feitos por Conor durante o filme, pois elas parecem se transformar nas animações feitas para contarem as fábulas que o Monstro conta. Essa mistura de aquarela, cores e as cenas mais sombrias do Monstro ficou lindo. Além disso, os enquadramentos foram muito bem escolhidos.

O filme é dirigido por J.A. Bayona, que já dirigiu O Impossível. Para ele A Monster Calls é a história da relação mãe e filho, e de fato é o que melhor resume esse filme. Recomendo muito, a história é tocante e as cenas são belíssimas. E conselho: leve lencinhos; eu precisei!


27 anos, arquiteta, restauradora e nas horas vagas fotógrafa e masterchef. Bookaholic morando nas terras do Tolkien, Lewis, Rowling, Dahl, Carrol.

4 comentários

Write comentários
19 de janeiro de 2017 11:09 delete

Oi, Aline!
Que resenha maravilhosa! Se eu já queria assistir, agora eu tenho certeza que tenho de ver o mais rápido possível.
Beijos
Balaio de Babados

Reply
avatar
20 de janeiro de 2017 08:44 delete

Oi Aline! Quero muito ver esse filme mas ele está passando em um único cinema aqui em São Paulo e em um horário em que não posso ir... estou em desespero! rsrs
bjs

Amor por Livros

Reply
avatar
20 de janeiro de 2017 11:13 delete

Oi Luiza

Obrigada! <3 Depois conte o que achou do filme!

Beijos

Reply
avatar
20 de janeiro de 2017 11:16 delete

Oi Renata!

Sério que só em um? Poxa, que sacanagem! Espero que você consiga ver!
Será que ficou tão pouco tempo em cartaz? Quase impossível pensar isso!
Obrigada pela visita.

Beijos!

Reply
avatar