Resenha: Armada, Ernest Cline

janeiro 28, 2017 1 Comments A+ a-

Título: Armada
Autor: Ernest Cline
Editora: Leya
Páginas: 432
ISBN: 9788544102992
Lançamento: 2015
Gênero: Literatura Estrangeira - Ficção Científica
Onde comprar: Submarino - Amazon - Americanas
Links: Skoob
Avaliação: ★★★★

Sinopse: Zack sempre sonhou com uma realidade parecida com o universo dos livros e filmes de ficção científica. Por que nunca acontecia algo fantástico que pudesse trazer um pouco de aventura à sua vidinha mais ou menos? Então, de repente, ele vê uma nave espacial. E, mais estranho ainda, ela é idêntica à do seu videogame preferido. Agora, suas habilidades ao joystick serão fundamentais para salvar a Terra da destruição!


Imagina se todos os jogos de video game que você jogou na sua vida fosse um treinamento do governo para salvar a humanidade da ameaça alienígena?


Quando eu era criança lembro da primeira vez que eu coloquei a mão em um video game, e após 20 anos de jogos admito que sempre tive vontade de que todos esses jogos fossem de certa forma reais. Até que Ernest Cline cria um livro exatamente com isso... O livro conta a história de Zack um jovem que perdeu seu pai quando bebê e passa a vida entre a escola e jogos de computador.

Até que um dia uma das naves que ele tanto joga no mundo virtual aparece para ele no mundo real e ele é recrutado para enfrentar os alienígenas que estão prestes a invadir a terra! Zack descobre que o governo investe há anos na cultura nerd para que os adolescentes gostem de tudo relacionado a jogos, para que eles próprios defendam a humanidade.

Viagens para o espaço, defesa da humanidade e vários plot twist fazem parte dessa história criada por um nerd para nerds!!! Cline faz várias referências a cultura nerd e conta de uma maneira totalmente nova como seria um dos maiores sonhos de qualquer nerd!!!

Através de um computador Zack consegue se conectar através de várias espaço naves igual aos jogos que ele jogava... E começa a travar uma batalha em diversos lugares da terra e até fora dela.

Cline consegue misturar ação, aventura e uma boa história. Fazendo nós nerds diversas vezes no colocarmos no lugar do protagonista e pensar que isso poderia estar acontecendo conosco.


27 anos, e carinha do TI. Acha que a solução do mundo é 42. Medalhista olímpico de maratonas de séries, jogos e livros. Acredita que está preparado para um apocalipse zumbi, desde que tenha internet e gifs para compartilhar...

1 comentários:

Write comentários
30 de janeiro de 2017 01:26 delete

Que capa mais maravilhooosa *---*
E pela sua resenha o livro parece ser muito interessante, eu gostaria de ler ele, compraria se visse em uma livraria
http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

Reply
avatar