Resenha: A Garota do Calendário - Março, Audrey Carlan

21:00:00 0 Comments A+ a-


Título: A Garota do Calendário - Março
Autor: Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 144
ISBN: 9788576865186
Lançamento: 2016
Gênero: Literatura Estrangeira / Erótico / Romance
Onde comprar: AmazonSaraiva - Submarino
Links: Skoob
Avaliação: ★★★★★
Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Mia vai passar o mês de março em Chicago com o empresário Anthony Fasano, que a contrata para fingir ser noiva dele. A princípio Mia não entende por que um homem tão lindo e másculo precisa de uma falsa noiva.

Neste mês de Março, Mia tem um novo cliente em Chicago. Ele é o empresário Anthony Fasano, empresário, herdeiro da rede de Restaurantes Fasano, ex-lutador e lindíssimo. Mia é contrata para ser sua noiva, mas o que a deixa intriga é o motivo de um homem como ele precisar fingir estar noivo para sua família.
Assim que Mia chega no apartamento de Tony, ela descobre o motivo da farsa. Tony é gay e por ser o único homem da família, ele acredita que assumir sua sexualidade irá prejudicar os negócios e talvez sua relação com sua família. Seu pai faleceu recentemente e ele assumiu seu cargo, e sua família vem questionando Tony sobre quando ele irá se casar e dar a sua Mama, netos. Devido a toda pressão ele decide contratar Mia, e apresentar para sua família.

“No fim das contas, amor era amor, e ninguém pode escolher por quem se apaixonar, nem saber quanto tempo esse sentimento vai durar.”

Tudo seria absolutamente tranquilo, porém Tony tem um companheiro, Hector. Hector é amigo da família a anos, ele e Tony estudaram juntos desde a escola, porém Hector assumiu sua sexualidade, mas para família de Tony o relacionamento deles é apensa de amizade. Inúmeras vezes Hector anula suas vontades, para não forçar Tony a tomar um decisão que não queira, porém Hector está cansado dessa situação. E a chegada de Mia acaba causando mais danos a relação dos dois e a Mia também.

Mia quer ajudar Tony, mas também que ajudar Hector a resolver todos os problemas. Enquanto isso ela tenta lidar com os próprios pensamentos e problemas. A cada dia que passa, Mia pensa mais em Wes e não sabe qual decisão tomar quanto aos dois. Sua dívida continua alta e seu Popis em coma. Muitas coisas podem mudar, tanto para Tony como para Mia, basta tomar uma decisão.

“Não podia permitir que o sentimento que tinha ficasse no caminho do que eu estava fazendo, ou das experiências que prometi a mim mesma que teria.”

Neste livro a história, a coleção começa a se tornar mais interessante, pois confesso que os dois anteriores não foram lá grande coisa. Este livro está mais engraçado, porém deixa uma mensagem bem importante. Teremos muitas surpresas no decorrer do livro. Como sempre a leitura é bem rápida e fácil. Neste volume que dei mais crédito para a coleção, pois antes estava desanimada.

Espero que possam ler e me digam o que acharam!!

Beijos!