Cinema: A Chegada [Arrival]

21:00:00 8 Comments A+ a-


📽 Título [Título Original]: A Chegada [Arrival]
Direção: Denis Villeneuve
Roteiro: Eric Heisserer
Ano: 2016 País: EUA
Links: IMDB - Rotten Tomatoes - Adoro Cinema
Adaptação: "História da sua vida e Outros Contos" de Ted Chiang [Editora Intrínseca]
Avaliações: ★ Books & Impressions: 10
Avaliações: IMDB: 8,1
Avaliações: 🍅Rotten Tomatoes: 94%

Sinopse + Trailer: Quando seres interplanetários deixam marcas na Terra, a Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista especialista no assunto, é procurada por militares para traduzir os sinais e desvendar se os alienígenas representam uma ameaça ou não. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade.



A Chegada foi um filme que surgiu na minha lista apenas no fim do ano passado. Foi lançado em setembro e com a minha vida virando de ponta cabeça naquele mês, cinema era a última das minhas preocupações.

Foi aí que um dos meus podcasts favoritos (Braincast) elencou o filme como sendo um dos melhores do ano, minha cunhada dizendo a mesma coisa e quando me sai a lista do Oscar está lá com 8 indicações... Preciso ver qual é a desse filme, não é? E pra minha sorte o cinema daqui decidiu fazer uma sessão especial (no dia de Valentine's Day) com o filme e Behind the Scenes. Chegou a minha oportunidade.

'A Chegada' é baseado em um conto de ficção científica do autor Ted Chiang, publicado no livro História de sua Vida e Outros Contos com outros contos, publicado no Brasil pela Editora Intrínseca. O roteiro é de autoria de Eric Heisserer, que concorreu ao Oscar desse ano pela adaptação e o filme é dirigido por Denis Villeneuve (também dirigou 'Os Suspeitos' e 'Sicário: Terra de Ninguém').

Em uma tarde de terça-feira, um dia normal como qualquer outro exceto que ele marca a chegada de 12 naves espaciais ao planeta Terra, cada uma estacionada em um lugar distinto do planeta. Não há nenhuma informação sobre de onde vieram, quem trouxeram ou o que fazem aqui.

Nesse mesmo dia, antes de 'a chegada' Louise Banks (Amy Adams) se prepara para mais um dia de trabalho na universidade onde trabalha como professora de linguística. Confesso que queria que o filme parasse pra eu poder assistir a aula dela sobre as origens da língua portuguesa, mas essa aula é interrompida com o toque de recolher dado pelo governo americano, pois uma das 12 naves está no estado de Montana.

Resultado de imagem para arrival gifs movie

Por conta dos seus trabalhos anteriores para o governo americano como tradutora em zonas de conflito a linguista é convidada a participar da equipe que fará os primeiros contatos com as aeronaves, pois querem uma resposta à pergunta que não quer calar: o que eles querem aqui. Como especialista em línguas é tarefa de Louise aprender a língua, ou o meio de comunicação desses seres.

Ao contrário dos filmes de invasões extra terrestres, que acabam sempre na argumentação por meio das armas, 'A Chegada' tem outra aproximação com o tema: a linguagem, o meio como nos comunicamos com outros seres. Da mesma maneira que os exploradores no século XV e XVI aprenderam a língua dos nativos dos lugares que descobriam, Louise passa por um processo muito semelhante.

O filme é inteligente, sensível e por ser tão diferente de outros filmes de ficção científica, me arrebatou. O diretor fez um trabalho muito bom de coordenar uma equipe de profissionais que resultou em um dos meus filmes favoritos dos últimos anos. Sim, ele fez jus a todas as minhas expectativas.

Desse grupo de profissionais, começo pelos designers que criaram a tal língua que Louise precisou aprender. É diferente de qualquer coisa que estamos acostumados: é complexa, visual, guiada pelo sentimento. E como é usada, gente que maravilhoso!

Resultado de imagem para arrival gifs movie

Segundo o trabalho de fotografia, de responsabilidade de Bradford Young, também concorreu ao Oscar. O tom do filme lembra muito aquela cor de luz que resulta de um céu momentos antes de cair uma chuva de verão gigantesca; uma mistura de cinza com luz. Passa a sensação de que a qualquer momento uma catastrofe pode acontecer. E claro, os enquadramentos e os cortes muito bem pensados para mostrar como somos pequeninos diante do desconhecido.

E o momento que começou o filme, com o enquadramento do forro em concreto aparente descendo gradualmente para uma janela de piso teto numa paisagem linda próxima a um lago (olha meu lado arquiteta indo a loucura!), pensei: 'tá já entendi a indicação ao Oscar'.

Terceiro, a edição de som (os sons criados para comporem o filme) que nesse caso precisou criar os sons criados pelos seres extra terrestres e que para minha alegria são uma mistura de sons computadorizados e vozes, sim vozes. Esse foi o único Oscar que o filme levou pra casa, e absolutamente merecido.

Quarto o trabalho da Amy Adams, que está muito bem nesse filme a ponto de achar uma injustiça a ausência do seu nome na lista de melhores atrizes para o Oscar. Fazem parte do elenco principal o ator Jeremy Renners, que interpreta o físico Ian Donnelly e o ator Forest Whitaker que interpreta o Coronel Weber.

E quinto, o fim!

Se você ainda não viu, o que está esperando. Vai lá e me conta o que achou!
Eu aqui vou tentar por minhas mãos no conto, pra ver como ficou a adaptação!



27 anos, arquiteta, restauradora e nas horas vagas fotógrafa e masterchef. Bookaholic morando nas terras do Tolkien, Lewis, Rowling, Dahl, Carrol.

8 comentários

Write comentários
3 de março de 2017 22:00 delete

Oi Aline! Eu amei o filme, achei tb super inteligente e com uma ideia sensacional! Eu ainda não entendi pq a Amy não foi indicada ao Oscar como melhor atriz, ela está perfeita no papel <3

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Reply
avatar
4 de março de 2017 11:54 delete

Oi, Aline!
Ainda não assisti o filme. Pra ser sincera, apesar das várias opiniões positivas, ainda não bateu aquela vontade de assistir, sabe?
Beijos
Balaio de Babados
Sorteio Literário de Carnaval
Resenha Premiada Paixão e Crime
Sorteio Três Anos de Historiar

Reply
avatar
4 de março de 2017 20:31 delete

Oi Aline, tudo bem?
Cinema é uma coisa que tive que deixar em segundo plano desde que comecei a faculdade. Só vou de vez em quando, e esse filme está na minha lista desde o lançamento e até agora não consegui assistir. Vendo sua postagem, decidi que vou dar uma conferida nele amanhã.
Beijos
[SORTEIO]Baile Literário
Quanto Mais Livros Melhor

Reply
avatar
5 de março de 2017 06:31 delete

Oi Mi! Foi uma injustiça sem tamanho mesmo! Ainda não me conformo.
Obrigada pela visita! Beijos

Reply
avatar
5 de março de 2017 06:32 delete

Oi Priscila! Faculdade acaba com nosso tempo livre né! Mas pra mim cinema tem sido um escape, pra relaxar, porque ler cansa demais e já to fazendo isso pro mestrado a rodo!
Confere sim! :) Depois conta o que achou!
Beijos

Reply
avatar
5 de março de 2017 06:34 delete

Oi Luiza! As vezes acontece. Eu tenho isso com filmes mega comentados, rola uma preguiça. Mas esse foi recomendação de pessoas que confio muito, então decidi conferir. Mas quem sabe um dia você assista, garanto que vale a pena!
Beijos

Reply
avatar
7 de março de 2017 09:00 delete

É daqueles pra ter em casa e ver de tempos em tempos!

Reply
avatar