Resenha: Antes de partir, Colleen Oakley


Antes de partir foi publicado em 2016 pela editora Bertrand Brasil e tem como autora Colleen Oakley. Confesso que o que mais me chamou atenção nesse livro foi essa capa maravilhosa e a sinopse, que já me deu garantias de que seria uma história que eu com certeza derramaria lágrimas. 

Daisy foi diagnosticada com câncer de mama aos 23 anos e após uma longo tratamento e uma mudança total em hábitos alimentares, ela estava livre. Mas aos 27 anos, após os exames periódicos, ela recebe a notícia de que o câncer voltou e dessa vez espalhado por todo seu corpo. Sem cura e apenas métodos paliativos para prolongar sua vida, Daisy não consegue acreditar que depois de tanto cuidado com sua saúde ela agora está com um 'monte de câncer'. 

Tudo o que Daisy queria era concluir a universidade, reformar sua casa, curtir a vida de casada, ver o marido Jack se formar e ter filhos. Uma vida simples e feliz, sem grandes ambições. Mas agora, o que ela faria? Curtiria a vida como se não houvesse amanhã? Ficaria perto de quem ama? Procuraria tratamentos alternativos? Quem cuidaria de Jack quando ela não estivesse mais lá?

E é com essa ideia fixa de que Jack precisará de alguém quando ela se for, que ela decide encontrar uma mulher ideal para seu marido. Com a ajuda de sua melhor amiga Kayleigh, Daisy vai a procura de mulheres em diversos lugares da cidade e até por sites de namoro na internet. O que ela não esperava era que essa busca fosse afetar seu casamento.

Bom, li esse livro com grandes expectativas, afinal adoro histórias com cargas bem dramáticas. A escrita da autora é fluída e envolvente e não tem como você não mergulhar na trama. A história é toda narrada em primeira pessoa do ponto de vista de Daisy, então conseguimos realmente sentir tudo o que ela sente, entender o que se passa em sua cabeça e o porque das atitudes que ela tomou. É doloroso quando Daisy recebe o diagnóstico, foi uma das partes mais difíceis de ler. 

Consigo entender o porque dessa ideia fixa de buscar uma esposa para o marido, mas não concordei com a personagem. Acho que seria uma coisa que eu nunca faria, não sei.. na minha cabeça ela deveria ter aproveitado o máximo que pudesse ao lado do marido e todas as pessoas que ela mais amasse. Acredito que ela precisasse de uma plano, uma coisa para que pudesse se dedicar e esquecer um pouco a doença.

Não me senti totalmente conectada com a personagem, ela foi muito complexa e difícil de lidar. Todos ao seu redor a amam demais e fizeram de tudo para reconfortá-la e faltou uma flexibilidade dela para lidar com esses sentimentos. Porém, admiro o fato de ela não se deixar derrubar nesse processo, de não se entregar totalmente. Enfim, não consegui definir ainda se gosto ou desgosto de Daisy.

O livro de Colleen Oakley é tocante e passa a mensagem de que devemos aproveitar a vida e acima de tudo valorizar as pessoas e o amor que nos é dedicado. É um drama e vai te deixar com o coração apertado? Vai sim! Mas a leitura vale a pena.

"Eu precisava de você e errei quando disse que não precisava."

19 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Essa capa é linda e tudo mais, mas, assim como você, acho essa ideia da personagem meio sem noção... tipo, que esposa faria isso? Sei lá, não sei se leria não, mas ainda assim adorei sua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Larissa!
      Pois é, não concordei com as atitudes. Mas o livro é ótimo, e a lições que tiramos são muito significativas :)
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Raíssa!
    Esse é o tipo de livro que eu não posso ler pois esse fantasma do Cancêr de mama ronda minha vida... nem pensar chegarei perto desse livro...
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rê!
      Entendo. O livro tem uma carga emocional forte.
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Raissa
    Livros que deixam nosso coração apertado são os melhores, né haha Gosto de sofrer lendo rs
    Estou de olho nesse livro faz tempo e adorei a dica.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Letícia!
      Confesso que acho que gosto de sofrer também hahahaha
      Que bom, recomendo a leitura :)
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá Raissa, tudo bem?
    A premissa do livro parecia interessante até essa parte da personagem sair a procura de uma nova mulher para o marido...Imagino que ela tinha as melhores intenções, mas eu no lugar dele, ficaria bem chateada. Enfim, gosto muito de drama e, se aparecer a oportunidade, eu leio sim.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Esther!
      Então é bem interessante, vale a pena a leitura. Mesmo com a atitude da personagem, nós conseguimos entender o porque, sabe?
      Beijos!

      Excluir
  5. Oi Raissa! Tudo bem?

    Eu gostei muito da ideia do livro, apesar de estar cansado de livros que envolvam doenças terminais este de fato de chamou atenção, mas eu também fiquei com raiva da Daisy, e olha que nem li! kkk

    Suas resenhas são sempre boas de se ler, adorei!


    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Victor!
      Hahahaha bate uma raivinha, mas é compreensível.
      Muuuito obrigada ♥
      Beijos!

      Excluir
  6. Oi, Raíssa,
    Preciso confessar que também sou completamente apaixonada por essa capa, ela sempre me chama atenção. Gostei muito de conhecer o livro pelo seu olhar, pois os questionamentos que você levantou são pertinentes, quando estamos tentando entender o que a protagonista está sentindo e o que ela está fazendo. Ainda não li o livro, mas concordo com você quanto ao fato de que ela deveria ter aproveitado o tempo com as pessoas que estavam a sua volta e que a amavam. Amei trecho que você separou.
    Beijos no coração,
    Bel <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isabel!
      A capa é linda ♥
      Pois é, exatamente :)
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  7. Oi, Raissa!

    A capa desse livro é mesmo linda! Que pena que você não conseguiu se conectar bem com a personagem principal :( sempre muito ruim quando isso acontece, e concordo com você sobre a decisão que ela tomou. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Isa
    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata!
      É ruim mesmo quando acontece, mas mesmo assim a leitura foi ótima :)
      Obrigada ♥
      Beijos!

      Excluir
  8. ola
    Eu ja vi essa capa linda muitas vezes mas não sabia do que se tratava o livro.
    Eu acho que entendo o motivo dela,acho que muitas mulheres tem essa reação por mais estranha que seja .Mas como você também não concordo com a atitude dela.
    Fiquei interessada no livro .Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Babi!
      Sim, é super compreensível a atitude dela, por mais que não concorde.
      Super indico a leitura :)
      Beijos!

      Excluir
  9. Oi Raissa.
    Adorei sua resenha, realmente parece ser um livro extremamente tocante, principalmente a julgar por essa citação final que você mencionou. Acho ótimos livros que mostram os personagens sendo fortes e conseguindo aceitar essa que é uma fase dolorosa, mas que faz parte da vida de todos nós.
    Por um lado acho que consigo entender a atitude da personagem principal, afinal ela não queria que sofressem por ela. E se eu entendi o correto, foi algo bem profundo e bonito.
    Adorei!

    Beijos

    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana!
      Obrigada ♥
      Também adoro livros assim, principalmente que despertam esses conflitos de sentimentos sabe?
      Beijos!

      Excluir
  10. Amei a sua resenha, a capa é realmente muito linda. Mas, não gosto de livros assim, prefiro enredos menos dramáticos. :)

    nayanemartins.com

    ResponderExcluir