Especial de Halloween | Quem foi Bathsheba?

outubro 26, 2017 0 Comments A+ a-




Olá leitores, 

Hoje vou contar a história da Bathsheba Sherman. 

Para os fãs de filmes de terror, já devem saber de quem estou falando, se trata da Bruxa do filme "Invocação do Mal". Todos sabem que a história do filme foi baseada em fatos reais, porém teve suas adaptações, como todo filme.

Como sei que essa história de "Baseado em fatos reais" pode causar alguns problemas em publicações, acho melhor deixar claro antes de tudo que não estamos aqui para faze-los acreditar em nada que não acreditem, nem para ofender a crença de ninguém, muitos menos para denegrir a "imagem" da Bathsheba. Ela foi uma pessoa real, agora se as histórias que encontramos por ai são reais ou não, nunca saberemos com 100% de certeza, pois ninguém aqui viveu com ela.  Sendo real ou não, isso não vai mudar a vida de muitas pessoas hoje em dia, então por favor, encarem o post como uma simples história de terror.

Então vamos aos fatos:

Quando o filme foi lançado e o tal "Baseado em Fatos Reais" me chamou a atenção, então fui enfiar a cara nas pesquisas para entender a história. Posso dizer que das variações que achei, três se destacam e já que vou contar a história, é bom contar tudo e não só o que acredito.

A primeira versão, é bem próxima ao que se apresenta no filme, Bathsheba nasceu em 1812 e puxando sua árvore genealogia, ela seria uma parente distante de Mary Towne Eastey, uma das mulheres que foi executada em Salem no ano de 1692, por ser considerada uma Bruxa. Seu marido Jusdon Sherman, era um rico fazendeiro, que trabalhava como agricultor enquanto Bathsheba cuidava da casa e dos filhos. A propriedade que eles vivem se chamava Arnold. Ela deu a luz a um filho logo após se mudarem para a fazenda, e ao completar uma semana de vida, a criança foi sacrificada por Bathsheba como uma forma de sacrifício ao Diabo. Ela foi flagrada por seu marido e logo após subiu em uma árvore da propriedade e se enforcou, também como uma forma de sacrifício. Desde então seu espirito vaga pela propriedade tornado-a amaldiçoada.

Supõe-se que a moça com roupa xadrez seja Bathsheba

A segunda versão da história é um pouco diferente, Bathsheba e Judson tiveram vários filhos, porém uma criança morreu durante seus cuidados, não sabem dizer se era um de seus filhos ou de algum vizinho, pois ela prestava serviços de babá. A causa da morte foi uma agulha enfiada no cranio do bebe. Bathsheba foi acusada de bruxaria e seguiu para julgamento, porém não foi condenada pela justiça por falta de provas. Porém a sociedade a acusava de bruxaria e adoradora do Diabo, e ela começou a viver de forma reclusa, tonando-se uma pessoa amargurada que passou a tratar mal os funcionários da fazenda, inclusive causando danos físicos a eles. Dizia-se que Bathsheba era uma mulher de beleza extraordinária, e que era muito invejada, é possível que essa inveja tenha causado o aumento dos rumores. Sobre sua morte, Bathsheba teria vivido ate seus 76 anos, quando sofreu uma estranha paralisia que deixou seu corpo todo enrijecido como uma pedra. Tal morte alimentou mais ainda os rumores sobre a bruxaria.

Já na terceira versão, ela de fato teria nascido em 1812. Ela teria se casado com cerca de 30 anos (algo considerado muito tarde para a época), com Judson Sherman, e tiveram quatro filhos. Nesta versão podemos pegar várias "falhas" que foram apresentadas na outras versões. Naquela época, as fazendas levavam o sobrenome de seus proprietários, então no caso ela moraria na propriedade Sherman e não Arnold (quase todas as fontes apontam que ela viveu na propriedade Arnold). Três de seus quatro filho morreram jovens, para a época não é nada muito surpreendente, devido a doenças e a falta de conhecimento para cura-las. Seu filho mais novo, Herbert Leander Sherman, nasceu em 1849 e existem registros dele nos anos de 1850 até 1880. Isso prova que além de bem vivo, ele vivia com os pais e posteriormente com a esposa. Algumas fontes dizem que ela se casou em 1844, aos 32 anos outras dizem que ela se casou em 1863, aos 51 anos. 

Podemos ver que existem grandes divergências na história e infelizmente (ou felizmente), a verdade 100% nunca será exposta. Existem outros registros sobre isso, dentre eles os registro de Ed e Lorraine  Warren, que foram os paranormais que "cuidaram" do caso da família Perron. Não estou dizendo que o filme é um mentira, mas para quem pesquisou um pouco é sabido que o caso da família Perron acaba de um forma bem diferente do filme e que também SUSPEITA-SE que o espirito que assombrava a família Perron era o espirito de Bathsheba, ou seja, em nenhum momento ninguém afirmou nada. Sou uma grande fã do filme, podem ter certeza, mas acho muito importante você pesquisar as coisas antes de tornar tudo uma verdade absoluta.

Como indicação, deixo para vocês os filmes: Invocação do Mal 1 e 2 e Anabelle. E os livros: Ed e Lorraine Warren - Demonologistas - Arquivos Sobrenaturais e Ed e Lorraine Warren - Lugar Sombrio - Arquivos Sobrenaturais.


Como disse anteriormente, não queremos influenciar ninguém, apenas queremos contar um história.


Espero que tenham se divertido.
Beijos =)