Resenha: The Keeper of Lost Things [Ruth Hogan]

Olá leitores,

Nas minhas andanças pela Kindle Store durante as promoções de fim de ano me deparei com esse livro, que dizia ser o livro ‘feel good’ do ano [aqui na Inglaterra]. E quem não quer começar o ano lendo algo que te deixe bem, não é mesmo. O livro é a estreia da autora britânica Ruth Hogan, e infelizmente ainda não foi lançado no Brasil. Mas calma. De acordo com o site da autora a edição ficará a cargo da Verus Editora. Então deve sair logo mais.

Ficção | | 320 p | | Two Roads | | 2017  | | Skoob | | Goodreads | | Classificação: ★★★★★
Confesso que estou tendo dificuldades em decidir o que vou escrever. Vou explicar. Uma das coisas que me marcou durante a leitura desse livro foi minha completa ignorância sobre a história e isso me fez aproveitar cada descoberta que tinha do enredo, do caráter dos personagens. Foi caminhar ao lado da protagonista enquanto ela fazia as suas próprias descobertas. Mas de qualquer maneira, um pouco preciso dizer não é mesmo?

A história se inicia com Anthony Peardew retornando à sua casa em uma cidade no sul da Inglaterra. Ele foi um célebre escritor de contos em seus dias de glória, mas agora passa o tempo coletando objetos que encontrava em seu caminho e guardando-os em seu escritório. Temos também Laura, que depois de se separar do marido tenta se levantar e juntar os cacos que se tornou a sua vida. Em busca de um emprego, ela se torna assistente do já idoso Sr. Peardew.

Anthony percebe que está correndo contra o tempo e resolve deixar a casa e todos os tesouros nela para sua assistente Laura, a única pessoa em quem pode confiar para poder dar continuação ao seu legado. Laura no entanto precisa fazer o que está em suas mãos para reunir os milhares de objetos recolhidos por Anthony ao longo dos anos com seus donos.

É contando o processo da Laura tentando fazer jus ao legado do antigo dono da casa que Ruth Hogan faz a mágica acontecer. Cada ação da personagens tem repercussões inimagináveis. São redenções da personagem, encontros com pessoas diversas, e uma satisfação em fazer algo que ela acredita.

Gostei demais da personagem, da maneira como a autora conectou as diferentes partes da história, da leveza e ao mesmo tempo profundidade do enredo. Terminei o livro feliz, feeling good e atestando que a propaganda não foi enganosa.

“It was a sweeping story of love and loss, life and death, and, above all, redemption. It was the story of a grand passion that had endured for over forty years and finally found its happy ending.”

Não conseguiria resumir o livro melhor que a citação do próprio livro. A história da Ruth Hogan entrou para a minha lista de favoritos. É um livro pra voltar a ler em uma semana que tudo o que você quer é se sentir bem. A leitura é fácil e muito rápida, daquelas de largar o livro só quando se termina de ler.

E quanto a vocês, curiosos? Leriam em inglês mesmo, ou esperariam pela edição brasileira?
Deixe seu comentário!

(Edição lida)
Título: The Keeper of Lost Things
Autora: Ruth Hogan
Editora: Two Roads
Lançamento: 2017
Páginas: 320
ASIN: B01D8ZE2C0 (Kindle Edition)

6 comentários:

  1. Oi, Aline!
    É ótimo quando o livro nos surpreende positivamente. Eu adorei o título em inglês e vou ficar de olho quando sair por aqui.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza! Sim, o título é muito bom mesmo. Gosto como inglês o gênero não é definido e isso faz total sentido pra história! Curiosa pra saber qual será o título em português.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá, bom dia ^-^
    Estou com este livro (o e-book) aqui para ler; acho até que vou passa-lo na frente de alguns *---*
    Confesso que o que mais me chamou a atenção nele tinha sido a capa, mas sua depois de ler a sinopse fiquei bem interessada em ler, e sua resenha agora me deixou ainda mais empolgada para dar início a esta leitura.
    Bem, espero que ele seja logo lançado por aqui para que todos possam ler também (mas enquanto isto não acontece, irei ler ele logo).
    Beijinhos, parabéns pela resenha e bom fim de semana.
    Isabelle - Attraverso le Pagine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabelle,
      Eu li o livro em e-book também, mas considero comprar o físico só por causa da capa! O arranjo de rosas e o azul de fundo são lindos.
      Espero que você goste do livro. Boa leitura!
      Beijos

      Excluir
  3. Fiquei querendo ler o livro, com esse café da manhã da foto!

    Tem sorteio novo la no blog, te convido a participar! http://www.cobaiaamiga.com/2018/03/resumo-da-semana-sorteio-makes.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vi,
      Esses cafés da manhã são as minhas rotinas de domingo de manhã. Fico por uma duas horas lendo e comendo com o solzinho da manhã na cara.
      Beijos

      Excluir